Pular para o conteúdo
Voltar

Equipe do Intermat recebe curso de gestão de documentos

Esta foi uma das primeiras ações previstas no projeto Terra a Limpo, que inclui a organização do acervo documental da autarquia.
Lorena Bruschi | Secom-MT

- Foto por: Assessoria
A | A

Membros da Comissão de Avaliação de Documentos e estagiários do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) passaram por capacitação em gestão de documentos, que aconteceu nesta quinta-feira (04), na sede da Superintendência de Arquivo Público. Esta foi uma das primeiras ações previstas no projeto Terra a Limpo, que inclui a organização do acervo documental da autarquia. 

A intenção é que a equipe possa dar a destinação correta aos documentos, e ainda, auxiliar na fase de digitalização dos processos que será implementada em breve. 

"Através do curso vai ser possível realizar a eliminação dos documentos desnecessários, e ainda, melhor organizar os arquivos existentes, preparando o órgão para a digitalização", avalia o diretor técnica do Intermat, Fernando de David.

Ele explica que avaliar a eliminação de documentos que, conforme legislação especifica, não precisam mais serem armazenados, vai trazer economia aos cofres públicos no processo de digitalização.

Conforme a superintendente do Arquivo Público, Vanda da Silva, esta foi a  capacitação inicial que abordou noções gerais dos instrumentos de avaliação de documentos, plano de classificação, tabela de temporalidade, e eliminação de documentos.

Foi apresentada ainda uma instrução de trabalho com os procedimentos para a organização do arquivo do Intermat, e esclarecidas dúvidas dos participantes.

Terra a Limpo

Com recursos na ordem de R$ 70 milhões do Fundo da Amazônia, o programa foi instituído pelo Decreto nº 1.560, de 29 de junho de 2018, com o objetivo central de promover a resolução de conflitos e a segurança jurídica pela posse da terra, beneficiando famílias de agricultores de 87 municípios. A coordenação Central do Programa é de responsabilidade da Casa Civil, e a implementação da política fundiária no estado, do Intermat.





Editorias