Pular para o conteúdo
Voltar

Governador afirma a técnicos que momento é de criar alternativas e pensar fora da “caixinha”

Em abertura do Plano Plurianual, Mauro Mendes destacou busca por soluções para que o Estado saia da crise e melhore prestação de serviços públicos à população
Laice Souza | Secom MT

Mendes afirma que PPA é mais que uma ferramenta, é uma oportunidade de fazer mais por MT - Foto por: Tchélo Figueiredo | Secom MT
Mendes afirma que PPA é mais que uma ferramenta, é uma oportunidade de fazer mais por MT
A | A

O governador Mauro Mendes participou da cerimônia de abertura dos trabalhos do Plano Plurianual de Mato Grosso (PPA), com secretários e técnicos do Estado, nesta quinta-feira (21). A mensagem repassada aos técnicos foi para serem realistas, mas que todos também possam pensar além dos problemas e criar soluções para melhorar as políticas públicas.

“Precisaremos, efetivamente, olhar para o presente, entendendo os problemas que nós temos, e sermos capazes de criar alternativas. É momento de pensar fora do quadrado, de pensar diferente, de acreditar e dizer ‘eu vou fazer a minha parte’ pelo Estado”, afirmou.

“Nós iremos fazer a nossa parte. Se cada um, se cada servidor público e cada cidadão resolver fazer a sua parte, nós iremos mudar, muito mais rápido do que muitos pensam a realidade”, acrescentou.

De acordo com o governador, o grande desafio dos técnicos que participam do processo de construção do PPA “é fazer desse plano, não um simples cumprimento de um dispositivo constitucional, mas fazer dessa ferramenta uma oportunidade de fazermos mais, pensarmos, somarmos, para que daqui a quatro anos todos nós possamos olhar para trás e dizer ‘Mato Grosso se recuperou, cresceu e eu fiz parte disso’”.

Mauro Mendes e sua equipe de secretários estiveram reunidos com servidores nesta quinta-feira (21)

“Poucos estados brasileiros têm as condições que nós temos de recuperarmos. Poucos estados brasileiros têm a economia privada tão pujante como nós temos. E não podemos ter um governo nas condições que ainda, lamentavelmente, nós temos. Mudar isso não é uma tarefa de um homem só. Não é uma tarefa de meia dúzia de secretários e adjuntos ou meia dúzia de servidores, é uma tarefa para todos nós. É para todos aqueles que acreditam nesse Estado”, ressaltou.

O secretário de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra, afirmou que o trabalho será realizado para construir um Mato Grosso mais justo, seguro, competitivo, eficiente e financeiramente equilibrado. “O PPA vai trazer as diretrizes e metas que têm como foco a melhoria do serviço público”, enfatizou.

O Estado tem até o dia 30 de agosto para encaminhar o PPA à Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

 
 




Editorias